Domingo, 1 de Março de 2009

A estrelinha Guga

Era uma vez uma estrelinha que se chamava Guga. Ela sentia-se mal porque estava muito sozinha e tinha perdido o pai e a mãe.

Um dia a estrelinha pensou :

- Vou sair daqui e vou para o pé das minhas amigas.

E lá foi. Quando chegou as amigas disseram:

- Tu hoje fazes anos!

E ela disse:

- Não,eu não faço anos hoje.

- Fazes, fazes - disseram as amigas.

- Ah! Pois é, só agora é que me lembrei porque não tenho pai nem mãe...

- O que é que se passou? Perguntaram as amigas.

E a estrelinha contou:

- Foi assim: eu estava a dormir e ,quando acordei, os meus pais não estavam lá . A partir daí, a minha vida mudou e agora quero passar a viver com vocês.

As amigas disseram todas em coro:

- Sim!!! Agora a nossa estrelinha está segura!

João

 

publicado por turmadapiedade às 14:56
| comentar | favorito
Domingo, 22 de Fevereiro de 2009

A baleia sem amigos

Há muito tempo, havia uma baleia que não tinha amigos porque todos gozavam com ela por ela ser muito gorda. A baleia chorava todas as noites a dizer:

- Porque é que estou tão gorda?

O elefante ouviu e disse:

- Eu também sou gordo e eu acho que tu és bonita assim.

Ela ficou contente e disse obrigado.

Um dia apareceram uma gaivota, um macaco e um polvo que começaram a gozar com a baleia. O elefante pregou-lhes uma partida. Ele disse a todos os animais para chamarem gordos todo o dia para eles verem o que custava.Eles aprenderam a lição e ficaram todos amigos.

André
2009/01/28
publicado por turmadapiedade às 10:40
| comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2009

Branca de Neve (versão nova)

Há muito tempo, um rei sonhava ter um filho. Quando nasceu, o rei ficou muito feliz. Deram-lhe o nome de Neve Branca.

Um dia, quando o Neve Branca já era crescido, o rei morreu e a rainha casou com um anão muito ganancioso que tinha seis irmãos.

Ele achava-se muito feio e perguntava assim ao seu espelho mágico:

- Meu espelho, há alguém mais feio do que eu?

O anão estava habituado que o espelho respondesse que não mas desta vez o espelho respondeu:

- Sim. Agora o mais feio de todos é o príncipe Neve Branca.

Então o anão decidiu matar o príncipe.Mandou a sua caçadora particular matá-lo na floresta. Quando ela o viu não teve coragem para o matar. Matou então um animal.

Quando o anão soube, tentou descobrir onde ele estava. O neve Branca tinha-se abrigado na casa de uma bruxa.

Um dia o anão descobriu e deu-lhe uma maçã envenenada. Ele caíu num sono profundo.

Alguns meses depois, a bruxa já estava muito triste e, nessa mesma tarde, uma princesa chamada Branca de Neve apareceu. Ao vê-lo, apaixonou-se logo por ele.

Ela decidiu beijá-lo e ele acordou.

Passados dois anos eles casaram e o anão voltou a ser o mais feio de todos.

Mara

publicado por turmadapiedade às 19:43
| comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

A gibrafante que queria ser girafa

Há muito, muito tempo, havia um animal nunca visto.

O animal era assim:

A cabeça e o pescoço eram de uma girafa,as pernas, a barriga e as costas eram de uma zebra e a cauda era de um elefante.

As suas amigas gozavam com ela, mas a gibrafante não ligava.

O sonho dela era ser girafa como dantes.

 Um dia ela lenmbrou-se que a feiticeira que a tinha enfeitiçado lhe tinha dito:

 - Se quiseres voltar ao normal, tens de vir ao meu castelo tropical assombrado.

A gibrafante  enfrentou o castelo. Por fora não era nada assustador mas por dentro era muito assustador!

Quando entrou desfez -se o feitiço e viveu feliz.

David

24/11/2008

publicado por turmadapiedade às 11:10
| comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 23 de Novembro de 2008

O Natal

Era uma vez uma borboleta que vivia num castelo com os seus amigos.

O rei e a rainha tinham uma filha chamada Nadine.
No castelo faziam-se os preparativos para o Natal.
A borboleta era nada mais, nada menos, que uma das ajudantes do Pai Natal, juntamente com as oito renas.
- Olha! Lá vem o Pai Natal – disse a Nadine.
Muitos meninos corriam atrás do Pai Natal.
Muitas prendas caíam nos braços dos meninos felizes que pulavam e gritavam:
- Viva o Pai Natal!
Márcia
publicado por turmadapiedade às 16:22
| comentar | ver comentários (1) | favorito

Falta uma rena

Há muito tempo, havia um Pai Natal que foi ver o trenó e disse:

- Oh! Que desastre! Falta uma rena!
Ele foi perguntar aos meninos se tinham uma rena.
Um menino disse.
- Eu só tenho um urso.
- Agradeço o teu esforço mas eu quero mesmo uma rena - disse o Pai Natal.
O Pai Natal foi para casa enquanto dizia:
- OH que desastre! Se eu não tiver uma rena não posso dar os presentes.
Ouviu uma menina que disse:
- Pai Natal, eu conheço uma rena que está sozinha.
- Onde é que está? Perguntou o Pai Natal.
- Está no Reino de Cristal – disse a menina.
Ele foi logo para lá. Quando chegou viu uma casa e correu para lá.
Quando estava a chegar, viu um pinguim, três lobos, três fadas e perguntou:
- Sabem onde está uma rena?
Eles disseram em coro:
- Sim. Vai para a esquerda.
Ele foi e viu a rena. Foi pô-la no trenó.
O Pai Natal ficou muito contente porque já podia entregar os presentes.
Marco António
publicado por turmadapiedade às 16:19
| comentar | ver comentários (1) | favorito

Os aprendizes do Pai Natal

Numa cidade vivia um menino chamado Nicolau e o sonho dele era ser ajudante do Pai Natal.

No dia de Natal ele ficou à espera que o pai Natal chegasse. De repente, ouviu um barulho na chaminé e foi ver o que era.
Quem descia ali era um homem vestido de vermelho e com uma barba branca enorme. Só podia ser… o Pai Natal.
O Nicolau ficou muito contente por conhecê-lo e perguntou-lhe:
- Podes levar-me contigo e ensinar-me a ser Pai Natal?
- Está bem – disse o Pai Natal.
Quando chegaram ao pólo norte ele foi ver a fábrica dos brinquedos e ficou fascinado. Havia duendes e uma máquina que embrulhava os presentes. Um dos duendes meteu-se com o Nicolau e disse-lhe:
- Queres ser meu amigo?
- Claro que sim! É tão bom ter um amigo novo! – Disse o Nicolau.
Um dia o Pai Natal adoeceu e as renas também. O pai Natal disse-lhe:
- Nicolau, faz-me um favor. Entrega os presentes a todas as crianças. Mas primeiro toma este pó mágico que faz com que as pessoas ou animais que tu escolheres possam voar para puxar o trenó. Toma!
- Claro que sim Pai Natal – disse o Nicolau. E pensou:
- Primeiro tenho de arranjar amigos que me ajudem a puxar o trenó.
Viu uma foca e perguntou:
- Queres puxar o trenó?
- Sim. Respondeu a foca.
Depois encontrou um urso polar e perguntou:
- Queres puxar o trenó connosco?
- Claro, respondeu o urso.
Depois de andarem um bocadinho viram seis pinguins e perguntou-lhes:
- Querem puxar o trenó connosco?
- Sim! – responderam eles em coro.
De seguida avistaram ao longe uma manada de renas que era mesmo o que o Nicolau precisava e perguntou-lhes:
- Querem puxar o trenó connosco?
- Claro que sim – responderam as renas.
Depois apareceu um lobo e o Nicolau perguntou:
- Queres puxar o trenó connosco?
- Sim! – respondeu o lobo.
Depois foram distribuir os presentes e o Pai Natal ficou muito contente.
Bruno
publicado por turmadapiedade às 16:14
| comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 1 de Novembro de 2008

A minha ida ao Zoo

 

No domingo fui ao Zoo e vi muitos animais. Fui com o meu pai, a minha mãe e a minha irmã. Fomos logo de manhã para termos tempo para ver tudo.
Antes de entrar tive de estar na fila e assim que chegámos lá dentro fomos ver o espectáculo do leão marinho.
Depois andámos no teleférico que deu uma grande volta e demorou vinte e dois minutos.
Quando acabou a volta no teleférico fomos almoçar ao Mac donald´s.
Quando acabámos todos de comer, fomos continuar a nossa voltinha no Zoo. Fomos ver os ursos e depois os elefantes.
Depois vimos o espectáculo dos pelicanos e quando acabou fomos ver os golfinhos. Por fim vimos as aves.

 

 Gostei muito desse dia!
João
publicado por turmadapiedade às 18:37
| comentar | favorito

O meu avô

No domingo eu fui ao hospital com os meus pais ver o meu avô que estava nos cuidados intensivos.

Depois apareceu o meu primo no hospital e eu perguntei à minha mãe se podia ir a casa dele e ela  disse que sim.

Eu joguei futebol com ele e ganhei 20 a 17.

Depois fomos jogar play station e fui para casa.

O meu avô que estava nos cuidados intensivos já ia passar para o quarto e eu fiquei muito feliz pelo meu avô.

Rodrigo

publicado por turmadapiedade às 18:30
| comentar | favorito

A rapariga misteriosa

Há muito tempo havia uma rapariga muito misteriosa. Andava sempre com uma capa preta.

Havia um rapaz que queria muito conhecê-la e falou com ela uma primeira vez:

- Olá, eu sou o Tomás e tu, quem és?

- Eu sou a Lili - disse a rapariga muito tímida.

Eles tornaram-se amigos.

Uns dias mais tarde a rapariga misteriosa ia ter que  se mudar porque o Tomás não a podia conhecer, senão o padrasto, chamado João, mudava-a para sempre.

- Não te preocupes. eu vou segurar-te - disse o Tomás para a encorajar.

Passadas umas horas o Tomás seguiu-a e ficaram eternamente amigos.

 

Mariana

publicado por turmadapiedade às 18:22
| comentar | favorito
Domingo, 19 de Outubro de 2008

O albatroz e a gaivota

Numa praia em Lisboa, vivia uma gaivota muito bonita chamada Susana.

Ela, todas os fins de semana,ia sempre sobrevoar os céus para ver se se passava alguma coisa.

Mais ao longe, em outra praia, vivia um albatroz chamado Tiago. Ele era muito grande e tinha umas asas enormes.

Ele também tinha o hábito de sobrevoar os céus ao fim de semana.

Um dia a gaivota foi voar até à praia onde vivia o albatroz e começaram a conversar:

- Olá, posso ser tua amiga? - perguntou ela.

- Claro que sim... Mas como te chamas? - respondeu e perguntou ele.

- Chamo-me Susana e tu?

- Tiago, chamo-me Tiago.

Todos s fins de semana encontravam-se sempre à mesma hora e, um dia, o Tiago perguntou:

- Queres vir pescar?

- Sim - respondeu ela.

Deram os dois um mergulho e começaram  a pescar.

De repente, apareceu um tubarão muito mau chamado Francisco que lhes tinha roubado o peixe todo mas o albatroz não deixou e picou-o com o seu bico até tirar o peixe ao malvado tubarão.

No dia seguinte ao almoço, assaram os peixes e comeram-nos. Ficaram amigos para sempre.

Bruno

 

publicado por turmadapiedade às 19:43
| comentar | favorito
Domingo, 12 de Outubro de 2008

O dragão

Há muito, muito tempo, havia um dragão chamado Sepiro.

Um dia o Sepiro foi viajar para a ilha dos sapos. Quando chegou à ilha só havia diamantes e sapos.

De repente, o Sepiro viu um dragão congelado e foi destruir o gelo. O dragão que estava congelado disse " Muito obrigado" e o nosso amigo seguiu viagem.

Encontrou uma fada que lhe perguntou:

- Precisas de ajuda?

O Sepiro disse que sim e a fada juntou-se a ele. Seguiram viagem.

À frente, viram um grande sapo mau e o Sepiro lutou com ele.

A fada disse:

- Olha está ali um dragão congelado!

- Já é o segundo dragão que descongelamos -  Disse o Sepiro.

A fada disse:

- Este é o segundo dragão porque estes dois eram os reis do planeta.

Então o Sepiro foi destruir os sapos maus e viveu muito feliz para sempre.

Marco António e Mariana

publicado por turmadapiedade às 14:45
| comentar | favorito

Um mundo engraçado

Era uma vez uma menina chamada Luca que vivia num mundo poluído.

Quase nunca podia ir à rua, só podia sair de casa durante quinze minutos e  uma vez por ano.

Numa dessas saídas, tropeçou numa pedra, caíu num buraco e foi parar a outro mundo.

Nesse mundo havia flores mais altas que um castelo onde viviam pessoas. O rei vivia na flor mais alta.

Nesse mundo, as árvores tinham folhas azuis, as flores pareciam chaminés,as rosas tinham giz. e as papoilas tinham laranjas.

As torres do castelo eram abóboras, as portas tinham a forma de uma senhora gigante e o quarto onde a Luca dormia era de palha.

Um dia, a Luca pediu ao rei, que se chamava Rouxinol , que a deixasse voltar  ao mundo dela e o rei disse que sim.

- Mas há um problema. Por onde se pode subir? Perguntou a Luca.

E o Rouxinol disse:

- Já sei. Tens de tropeçar numa pedra e tens de cair outra vez num buraco. Assim vais voltar para o teu mundo.

E assim aconteceu. A Luca tropeçou numa pedra, caíu num buraco e foi parar ao seu mundo.

Ela contou aos adultos que tinha conhecido um mundo muito engraçado, que não era poluído, mas os adultos não acreditaram.

Passado algum tempo, começaram todos a fazer o mesmo para irem conhecer o tal mundo engraçado.

César Alexandre

publicado por turmadapiedade às 14:29
| comentar | favorito
Sábado, 4 de Outubro de 2008

A armadilha

Era uma vez um lobo que estava esfomeado porque não comia há muito tempo porque, por perto, vivia um dinossauro que comia tudo.

O dinossauro, quando vinha à cidade assustava os habitantes porque era muito veloz a correr.

Um dia,quando o dinossauro estava a dormir, algumas pessoas montaram uma armadilha. Construiram um dinossauro-robô muito gigante.

Quando o dinossauro viu aquilo fugiu e nunca mais voltou.

Finalmente o lobo podia comer descansado e os habitantes puderam viver em paz.

Nunca mais se ouviu falar do dinossauro.

 

(Escrito a partir do texto do André Filipe, com a colaboração de toda a turma)

publicado por turmadapiedade às 13:31
| comentar | favorito
Quarta-feira, 1 de Outubro de 2008

O cão e o osso

Era uma vez um cão que gostava muito do osso que ele tinha. ELe estava sempre a brincar com ele. Um dia o cão encontrou uma cadela e quando a cadela viu o cão apaixonou-se e o cão também de apaixonou por ela. A cadela pediu o cão em namoro e o cão aceitou. O cão foi comprar um osso para a cadela e viveram felizes para sempre.

 

Rodrigo

publicado por turmadapiedade às 18:12
| comentar | favorito

Somos a Turma do 2º C da E.B.1 nº 5 de Belas do Agrupamento Escolas e J.I. Prof.Galopim de Carvalho


pesquisar

 

Março 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A estrelinha Guga

A baleia sem amigos

Branca de Neve (versão no...

A gibrafante que queria s...

O Natal

Falta uma rena

Os aprendizes do Pai Nata...

A minha ida ao Zoo

O meu avô

A rapariga misteriosa

O albatroz e a gaivota

O dragão

Um mundo engraçado

A armadilha

O cão e o osso

arquivos

Março 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

links

Visitantes

Anunciostetascontactoshostingvideos comunidad
blogs SAPO